Famílias que almoçaram com o Papa

Domingo, 25 de maio, um grupo de famílias da palestina e jovens foram convidados para almoçar com o Papa em Belém.

– George SBEIT e sua esposa Shadia, com seus filhos Nicole (15) e Cesar (13). Eles são de Ikrit, uma aldeia cristã que foi totalmente evacuada pelo exército israelense no ano de 1948, até os dias de hoje os habitantes deste vilarejo não puderam  retornar a sua terra.

– Elias ABU Mohor e sua esposa Julieta, e suas duas filhas, Isabel e Elizabeth vivem no Cremisan, na cidade de Beit Jala, por motivos políticos e sociais correm o risco de perderem suas terras situadas além do muro de divisão.

– Joseph Hazboun com sua esposa Rima, seu filho Yazan (16) e sua filha Laian (18). A esposa é de Jerusalém, e o marido de Belém, sendo assim, este é um dos muitos casos de famílias que não podem estar juntas.

– Shawki Halaby e sua esposa Abla com dois filhos, Fadi (30) e Tamer (27) são de Jerusalém, e tem um terceiro filho que está cumprindo sentença em uma prisão perpétua em Israel.

– Layla Shatara, uma viúva de Belém, tem um filho exilado em Gaza após o cerco à Basílica da Natividade no ano de 2002.

– Rania Michel Mizak (37), pertence a comunidade cristã de Gaza.

– Mike ABED Rabbo (23) é um jovem de Beit Jala, e não possui documento de identidade.

– Zakaria ZAKAKARIA de Belém, hoje reabilitado após a dependência de drogas mas com problemas de saúde.