Fomos espancados, tentando ver o Papa

Recebemos isso de um cristão de Jerusalém, marido e pai de dois filhos.

“Deixem que as crianças venham a mim, e não as impeçais” Marcos 10,14. 

Nosso Senhor Jesus disse isso a mais de dois mil anos atrás, na Terra Santa. Hoje, nós também somos lembrados do desejo de nosso Senhor. Estávamos aguardando a visita histórica de Sua Santidade o papa em nossa amada cidade de Jerusalém, porque sabíamos que esse encontro seria prejudicado pelas autoridades israelense. Fizemos um acordo com o Patriarcado Latino de uma secção representativa da nossa comunidade para estar nas ruas, só para ter um vislumbre de sua santidade em seu caminho para a Igreja da Ressurreição (Santo Sepulcro), para o seu encontro histórico com o Patriarca Ecumênico.

No entanto, ontem à noite, as mulheres palestinas, crianças e pessoas com deficiência foram espancadas pela polícia israelense. Depois de nos pedir para ir de um lugar para outro, eles acabaram nos acusando de bloquear a rua. Mulheres e crianças foram feridas, e jovens, detidos por algum tempo. Ninguém veio em nosso socorro!